Sucesso com Anitta e Luisa Sonza, MC Zaac fala da reação de gravar com Ivete: 'Um susto'


 Em 2016, os versos "Vários homem bomba, bomba, bomba, bomba, bomba aqui. Vários homem bomba, bomba, bomba, bomba, bomba lá" de “Bumbum Granada” tomaram conta do Brasil. A música ficou em primeiro lugar no Spotify Brasil e iTunes e só o clipe no YouTube acumula mais de 550 milhões de visualizações. De lá para cá, MC Zaac se separou do parceiro, o baiano Jerry Smith, emplacou outros sucessos e vem se firmando como um nome potente no funk paulista.

Nascido em Diadema e com fortes influências de Claudinho e Bochecha, Zaac já gravou com Claudia Leitte, Luisa Sonza, Simone e Simaria, com a sueca Tove Lo e Anitta. Com a última, inclusive, a parceria é de peso. Os dois já acumulam os sucessos “Vai Malandra” - primeira música em língua portuguesa a entrar no Top 50 Global do Spotify com mais de 2 milhões de plays em um dia -, “Bola Rebola” - que ficou no 50 do Spotify Brasil por mais de 30 dias - e a mais recente “Desce pro Play (Pa Pa Pa), lançada este ano e que em um mês virou single duplo de platina e já conta com mais de 100 milhões de views no YouTube e mais de 65 milhões de plays no Spotify.

 

“Minha relação com Anitta é muito profissional. Aprendi muito com ela e nunca vi uma pessoa que trabalha tanto. Isso é muito gratificante e tenho um carinho muito especial por ela. Acredito que batalhei muito para chegar onde estou e continuo batalhando diariamente”, contou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Celebrando o sucesso de “Pa Pa Pa”, ele esteve na última semana no Caldeirão do Huck pela primeira vez. “Fiquei muito feliz! Não imaginava que um dia iria conhecer o Luciano Huck e sei o quanto o programa dele é importante, ainda mais participar junto com a Anitta. Ela é uma grande amiga”, reforçou e completou: “Nossa, queria que minha música ficasse conhecida nos bailes de funk da minha região e hoje já fiz feat com cantores internacionais. Acredito que rompi muitas barreiras”, analisou.

 

Vindo de uma família humilde, Isaac Daniel Júnior iniciou na música em 2010. A dupla com Jerry foi formada em 2015 e durou apenas um ano. "Nos falamos sempre, somos muito amigos. Tenho boas lembranças da época que dividimos os palcos", atentou. Pai da pequena Isabelle de um ano, foge do estereótipo do funkeiro e diz preferir uma vida mais calma, jogando futebol com os amigos e acompanhando tendências de moda. "Gosto muito de ouvir MPB e música gospel. Sou fã de Marisa Monte, Toquinho, Lulu Santos. Os artistas de gerações mais recentes são os que mais me inspiram, como o Jão", revelou.

FotoReprodução / Instagram

Prova de curtir essa mistura é que gravou recentemente com Ivete Sangalo (veja aqui). Os detalhes do projeto ainda são mantidos em segredo. "Vai ser uma música inédita. Ivete é sensacional e espero que os fãs gostem bastante". Contudo, garantiu que sairá ainda em 2020. "Foi um susto! Recebi a ligação da Ivete me convidando para fazer um feat com ela. Não sabia o que falar. Ela me mandou o beat que tinha feito e conversamos", explicou.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem